aguarde...

Plataforma Vibratoria

Pra não falar que esta em um momento sedentário da vida, a maior desculpa pra não se praticar atividade física é a falta de tempo. Para mudar isso, foi inventada a Plataforma Vibratória, que promete reduzir o tempo de um exercício de 60 para 12 a 15 minutos e ainda emagrecer, fortalecer os músculos e melhorar a capacidade cardiovascular.

Mas o que é esta plataforma vibratória: são estímulos vibratórios feitos por uma base mecânica, assim o individuo fica sobre a plataforma que gera a vibração em diversas freqüências e amplitudes, sendo transmitida para todo o corpo estimulando os fusos musculares, essa ativação dos fusos musculares, conseqüentemente aumenta a produção de força e potência. O recrutamento muscular pode ser global devido a várias posições que pode ser realizada e da manutenção do equilíbrio, ou seja, o individuo para manter o equilíbrio em cima do aparelho faz inúmeras contrações musculares involuntárias, no qual acaba se exercitando.

 

Os benefícios desse recurso terapêutico:

  1. Ganho de força, potência e resistência muscular;
  2. Aumenta a capacidade individual de recuperação contra lesões;
  3. Melhora o funcionamento dos sistemas nervoso e digestivo;
  4. Melhora a coordenação e o equilíbrio;
  5. Ativa o sistema de drenagem linfática, reduz a celulite, aumento do consumo calórico diário e reduz a gordura corporal;
  6. Redução da osteoporose;
  7. Combate a artrose e outras doenças articulares e ósseas;
  8. Regulariza a pressão arterial;
  9. Melhora e reforça as articulações, os ligamentos e os tendões e melhora a função cardiovascular;
  10. Provoca a diminuição do cortisol - hormônio do stress;
  11. Recupera a massa magra;

 

A plataforma vibratória vem sendo utilizada como exercícios cinesioterapêuticos, resistido pra alongamento e propriocepção, encontrados em clinicas de estética e pilates.

Não há estudos que comprovem algum tipo de contra-indicações da plataforma vibratória, mas é sempre bom e aconselhável consultar um médico antecipadamente. Vale ressaltar que pode não ser aconselhável o uso da plataforma vibratória, nos casos de epilepsia, diabetes graves, doenças vasculares ou cardíacas graves, hérnias, discopatias, espondilose, artrite reumatóide, colocação recente de próteses metálicas, condições trombóticas, tumores, inflamações recentes, feridas recentes derivadas de cirurgias, dores de cabeça graves, ou gravidez.

A plataforma vibratória foi feita especialmente pra você que não gosta de passar horas na academia, procure já um profissional capacitado e experimente essa novidade.

 

# Deixe aqui seu comentário
Comentários

Nenhum comentário. Seja o primeiro!!!