aguarde...

QUEM QUER? BARATINHO !

PARABÉNS LUCAS PELO EXCELENTE TRABALHO QUE VEM REALIZANDO

 

Barata, fácil de manipular, não exige muito cuidado, agrada a maioria das pessoas porque não precisa de muita elaboração no fazer, o custo quase zero, nada de investimento ! É apenas o simples, pegar e fazer!

Seria muito bom se não estivéssemos falando da EDUCAÇÃO . Se formos nos estender na Educação em geral, não terminamos de elencar problemas. Mas na Educação musical escolhemos a vertente : sucatear o ensino da música. Sucatear significa utilizar o que já se tem e aproveitar somente aquilo, acrescentar muito pouco e pronto, o produto está finalizado.

Algumas pessoas fazem um curso supostamente básico de instrumento e já podem montar  um cantinho e começar a dar aulas. DAR AULAS !? Cobra-se por isso. Aquele investimento baixíssimo que foi feito na formação, agora é passado para frente...

Imagine você pegar um objeto reciclável qualquer , criar uma arte nele com cola colorida. Vem outra pessoa e raspa a cola e não consegue tirar tudo e coloca papel crepom, vem outra e resolve passar uma tinta preta encobrindo tudo, e outra resolve usar um spray dourado para melhorar o visual do objeto, outro vem e usa um estilete para remodelar... e por aí vai ...  Isso está acontecendo em tudo , todas as pessoas acham que ensinar é simples.  Por acaso alguém consegue ensinar o outro a ler, se souber apenas as vogais ? Ou então as vogais e 5 consoantes?

Está faltando consciência! E o profissional que se prepara anos e anos para não cometer o erro de frustrar uma pessoa, que se prepara pedagogicamente, se prepara no conteúdo específico, se prepara oferecendo  o melhor, é taxado de explorador . Imagine o conceito como anda :  aquele que explora de fato, que engana, que utiliza técnicas de ‘ gambiarra ‘  para ensinar e cobra barato por isso, é o honesto. Aquele que investe, estuda, dedica seu tempo, seu dinheiro, tudo o que poderia gastar aleatoriamente, é o explorador.

Definitivamente vivemos uma inversão de valores !

Falei em metáforas porque para bom entendedor pingo é letra. E assim também na partitura musical : pingo tem vários significados : pode ser ponto de aumento, pode ser staccato, pode estar no símbolo da fermata... Pingo é letra sim ! Mas como hoje todo mundo entende de tudo um pouco, seja na medicina, na educação, na formação de filhos, palpites não faltam aqui e ali, mas dar credibilidade a quem realmente se dedicou a estudar o assunto, não se faz. Outro dia ouvi um comentário : nossa eu adoro aquela pessoa, uma excelente profissional, tão sorridente, educada, que pessoa incrível !

Estão confundindo alhos com bugalhos ... Sorridente ? Simpática ? Não quer dizer competência profissional. A tal pessoa cometeu alguns erros por falta de estudo na profissão que lida com saúde das pessoas e é desculpada porque é uma gracinha de pessoa ...

Ninguém está aqui defendendo os sisudos, de forma alguma. Mas conhecimento, competência, educação também, estudo, dedicação , seriedade , sorrisos, tem que ter tudo!

É lamentável ouvir de profissionais diversos o seguinte : não dou pérolas aos porcos! Querem lavagem , é isso que vão ter.

Outros comentários como: não vou ter o trabalho de convencer ninguém a querer aprender, eles querem apenas fazer o que já sabem e o mais simples ? Assim será.

Já ouvi alguém me dizer : cobre baratinho, pegue alguém para ensinar o basicão, faça em série, reproduza e dê ao povo o que o povo quer : nada ! E ainda ganhe dinheiro com isso.

Críticas diversas : você comprou um piano para dar aulas, com a herança que seus pais deixaram ? Por que não investiu na compra de uma casa, alugue e ganhe dinheiro...?

Investir em QUALIDADE DE ENSINO é ULTRAPASSADO. As pessoas que fazem isso são consideradas ‘ burras’ no mundo econômico. O negócio é ‘ faturar ‘. Não importa a ética.

NO EGITO, em 2011 tivemos a coragem de um povo reagindo à ditadura. E a partir daquele marco histórico parece que o mundo criou coragem de se manifestar, de protestar .

É hora de protestar com o faz de conta da Educação !!! Chega de enganação pra todo lado. Chega de vender gato por lebre.

Prestar mais atenção nos conhecimentos adquiridos e não nos sorrisos e na conversa fiada. Prestar mais atenção no currículo profissional e no histórico de vida do que na imagem que a mídia passa.  Prestar mais atenção à essência. Ás vezes demora mais para aprender algo mas aquilo será duradouro, consistente, real e nada passageiro e fútil.

Educação no Brasil ! Chega de maquiagem. Vamos à realidade !

Vamos levar os pequeninos a fazer as coisas direito !

Aqui minha homenagem ao Lucas, prof de violino  ! Prabéns LUCAS ! E MUITO OBRIGADA POR SEU EXEMPLO DE SERIEDADE NO QUE FAZ !

# Deixe aqui seu comentário
Comentários

Nenhum comentário. Seja o primeiro!!!