aguarde...

ESTE SÉCULO XXI – SER OU NÃO SER

De onde vim , para onde vou?
O que vim fazer aqui : aprender, ensinar ? Pra que ?
Que coisa é esta que é  envelhecer e morrer lentamente ?
Nasce gente, morre gente todos os dias e um vai e vem sem cessar.
Quanta desorganização, esta sensação de caos gera tanto desconforto !
O mundo virtual aproxima e distancia ao mesmo tempo!
O dia parece pequeno , as horas não parecem ter 60 minutos...
O cansaço é estampado nos rostos das pessoas do século XXI ;
Dia a dia todos saem correndo para trabalhar, voltam correndo, nem dormem direito...
E no outro dia começa-se tudo outra vez sem que haja o respirar do dia.
O dinheiro é essencial, o corpo tem que ser próximo do perfeito;
O homem nem consegue sentir mais, ele tem tantas obrigações que não dá tempo...
Sentir... o que é isso mesmo ? Para que serve ?
Tornamos-nos máquinas sem perceber, tudo é tecnicamente estudado...
Sorrisos são estudados tecnicamente para o melhor clic do celular
Lágrimas nem conseguem cair com tanta naturalidade mais...
Espontaneidade : o que será esta palavra ? Ela existe eu sei, mas o que é mesmo?
Se me restasse um dia de vida : o que eu faria ?
Com certeza não iria atrás do dinheiro, nem da correria, nem da malhação corporal...
Diria aos meus filhos e noras o quanto eles foram e são importantes para mim e que os levarei em meus sentimentos para onde for.
Diria aos meus amigos : - obrigada pela paciência que tiveram comigo e muito obrigada por tudo.
E por fim diria a mim mesma : - chegou a hora, vamos ver se valeu a pena viver como eu vivi !
E lhe pediria flores lindas, exóticas, perfumadas e música que me ajudasse a transcender !

# Deixe aqui seu comentário
Comentários

Nenhum comentário. Seja o primeiro!!!