aguarde...

A MAGIA DO AFINADOR DE PIANOS

Era a década de 70. Chega umpiano de presente para a aluna estudar ! Que magia ! Um móvel que faz som ! Umgrande móvel instalado no meio da sala , imponente, chamando a atenção daspessoas estava ali para que alguém o fizesse ter vida !http://www.youtube.com/v/NMmPdraCymo?version=3&hl=pt_BR

E quando aquele som ecoavanaquela casa que antes não tinha este som, era como se cada tijolo sofresse umamutação... Dá vontade de rir ao falar isso, mas é a pura verdade! Cada tijoloentrava em mutação, cada pedacinho de taco de madeira, cada pedra eprincipalmente cada pessoa.

Mas logo depois veio oAFINADOR DE PIANOS ! Um italiano chamado Giovanni , muito falante, simpático,contador de casos, chegava e desvendava a magia . Ia tirando as peças do piano,colocando-as de um lado e aquilo era como revelar como o mágico tira o coelhoda cartola que não tinha nada antes. E eu ficava extasiada e fico até hojequando abrem um piano perto de mim e começam a afiná-lo. E os ajustes da cordaainda são mais gostosos de ouvir quando ela dá aquela distorcida e chega no somexato ! Ai que delícia ouvir isso ! São 88 teclas e a maioria tem 3 cordas paraserem afinadas.

Um artesão, um artista, umverdadeiro mágico quem faz isso!

Giovanni me explicava tudo,dizia como se chamavam as partes do piano, e eu ficava ali na  ‘ cadeira do papai’ e ajoelhava na cadeira enas costas dela debruçava meus braços e ficava ali viajando naqueles sons, umpor um entrando dentro de meus ouvidos, dentro do meu cérebro, na minha alma eeu ficava pensando : - como alguém inventou isso ? – Que coisa mais fantástica!

E desde então, aprendi aadmirar o trabalho de um afinador de pianos, um artesão, um mágico !

Tive visitas indesejáveisquando criança de afinadores que queriam levar o piano para reformar porqueestava com cupim e era mentira. Como aprendi a desmontar o piano, fazia issosempre, limpava, e sabia que não tinha nada. E me lembrava do grande mágicoafinador de pianos , sr Giovanni. Ele ficava o dia todo em casa. Chegava antesdo almoço , almoçava conosco , contava casos que meus pais adoravam ouvir,depois terminava a afinação, os reparos, ia visitar outra casa e da mesma forma conquistava atodos com sua paciência, competência e simpatia ! Ficou registrado o amor que ele dedicava ao trabalho! Aí está a razão de seu sucesso!

Hoje, tive a felicidade deter o filho dele em minha casa fazendo soar as cordas , distorcendo-as ecolocando-as no lugar certo... QUE EMOÇÃO ! Tinha que conter as lágrimas porquesr. Giovanni está noutro plano, mas deixou a semente ... seu filho!  É outro mágico dos sons! E não lhe falta o essencial: amor ao que faz, responsabilidade, competência, honestidade !

E este italiano queacariciava os pianos como se fossem pessoas, ainda deixou uma loja pra cadafilho e eles hoje, unidos, tocam e fazem soar sons maravilhosos purificandonosso planeta ! Minha homenagem e minha saudade !

Quem tiver ouvidos, que ouça!

# Deixe aqui seu comentário
Comentários

Nenhum comentário. Seja o primeiro!!!